Nota de Imprensa Inauguração da Exposição “Chapas Sínicas – Histórias de Macau na Torre do Tombo” Arquivo de Macau
Skip Navigation LinksPagína Principal > Notícias > Descrição
English
中文版本

Nota de Imprensa Inauguração da Exposição “Chapas Sínicas – Histórias de Macau na Torre do Tombo”

Data: 06/07/2018
Catalogação : Exposições

Com o apoio da Secretaria para os Assuntos Sociais e Cultura e organização do Instituto Cultural (IC), a primeira edição do “Encontro em Macau – Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa” conta com uma variedade de eventos e actividades. A exposição “Chapas Sínicas – Histórias de Macau na Torre do Tombo”, apresentada conjuntamente pelo Arquivo de Macau e o Arquivo Nacional da Torre do Tombo de Portugal, foi inaugurada hoje (6 de Julho), pelas 17:00 horas, no Museu das Ofertas sobre a Transferência de Soberania de Macau. Estiveram presente na cerimónia o Ministro da Cultura e Turismo da República Popular da China, Luo Shugang; o Ministro da Cultura da República Portuguesa, Luís Filipe de Castro Mendes; o Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da R.A.E.M, Alexis Tam Chon Weng; o Vice-Director do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na R.A.E.M, Xue Xiaofeng; o Cônsul Geral de Portugal em Macau e Hong Kong, Vítor Sereno; a Presidente do Instituto Cultural, Mok Ian Ian; o Director-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas de Portugal, Silvestre Lacerda; o Director da Direcção dos Serviços de Correios e Telecomunicações, Lau Wai Meng, a Presidente do Conselho de Administração da Fundação Macau, Substituta, Zhong Yi Seabra de Mascarenhas e o Vice-Director da Direcção dos Serviços de Turismo, Hoi Io Meng.

As “Chapas Sínicas” (Registos Oficiais de Macau Durante a Dinastia Qing) são constituídas por correspondência oficial trocada entre as autoridades chinesas Qing (desde o início do reinado do Imperador Qianlong até ao final do reinado do Imperador Daoguang da dinastia Qing, (1693-1886)) e as autoridades portuguesas de Macau, que compreendem um total de 3,600 documentos, incluindo mais de 1,500 ofícios redigidos em língua chinesa, 5 livros de cópias traduzidos para português de cartas mantidas pelo Leal Senado de Macau e 4 volumes de documentos diversos, sendo uma rica manifestação de uma etapa importante da história de Macau e inscrita com sucesso no Registo da Memória do Mundo no dia 30 de Outubro de 2017.

Esta exposição apresenta mais de 100 arquivos, incluindo 12 ofícios redigidos, que são exibidos em Macau por uma semana. As “Chapas Sínicas” registaram a situação da correspondência oficial entre as autoridades chinesas e portuguesas e reflectem ainda as condições da sociedade, a vida das pessoas, o desenvolvimento urbano, produção industrial e agrícola e comércio, entre outros, durante a dinastia Qing. Estes arquivos registam histórias que, embora tenham ocorrido em Macau, são de relevância histórica para a China, Portugal e até para a história mundial. A exposição está patente a partir de hoje até 7 de Agosto e de 21 de Agosto a 7 de Dezembro de 2018, dividida em duas fases, no Museu das Ofertas sobre a Transferência de Soberania de Macau, e no Arquivo de Macau, respectivamente. Além disso, irá realizar-se um ciclo de palestras no dia 8 de Julho, pelas 15:00 horas, proferidas pelo Prof. Zhang Wenqin, professor de História de Relações Sino-Estrangeiras na Universidade Sun Yat-sen; pelo Prof. Jin Guoping, investigador do Instituto de Estudo de Macau da Universidade de Jinan; e pelo Dr. Silvestre de Almeida Lacerda, Director-Geral da Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas de Portugal, centradas na importância documental das “Chapas Sínicas”, bem como na preservação e digitalização dos registos. As palestras serão realizadas em mandarim e português com interpretação simultânea em cantonês, mandarim e português, nono Auditório do Museu das Ofertas sobre a Transferência de Soberania de Macau, pedindo-se aos participantes já inscritos que cheguem aos respectivos locais atempadamente. 

O número de lugares disponíveis para as palestras é já limitado. Os lugares serão distribuídos por ordem de chegada. A entrada para a exposição e palestras é gratuita. Para mais informações, é favor visitar o site oficial: www.archives.gov.mo ou ligar para o IC através do telefone n.º 28592919, durante o horário de expediente.

20180709093223_01-2095033507
 
20180709093223_02-1355315837
 
20180709093224_03-13__pt-tt-dchn-1-10-001426_m0001
 
20180709093224_04_doc 046_pt-tt-dchn-1-1-000018_m0001